Vídeo flagra ladrão masturbando e fazendo sexo oral em vítima antes do assalto

Na madrugada de domingo (13/08/2017), um fato um tanto quanto incomum ocorreu na China. Por volta das 2 da manhã, um homem chinês (identificado pela imprensa como A’Jun), após passar a noite bebendo, dormiu em um banco próximo ao Centro Industrial de Liuzhou. Até aí tudo bem, afinal quem nunca bebeu além da conta?!? O inusitado aconteceu um pouco depois disso…
Às quatro e meia da manhã, as câmeras de segurança da região flagraram outro homem se aproximando de A’Jun e olhando para os lados para ver se havia alguém ao redor. Percebendo que não havia mais ninguém, o homem começou a “acariciar” a virilha de A’Jun. Como A’Jun continuou adormecido, o homem desafivelou o cinto de A’Jun e o masturbou. Aproveitando ainda mais do homem inconsciente, o molestador também fez sexo oral nele.
Esse ataque durou aproximadamente 5 minutos, e enquanto tudo acontecia, o celular de A’Jun escorregou para fora do bolso de sua calça. O molestador pegou o celular e continuou a ofensa sexual. Minutos depois, o homem, agora também ladrão, pegou a carteira de A’Jun e fugiu.
A polícia conseguiu rastrear o ladrão/ofensor à tarde e o prendeu em um hotel a 200 metros da cena do crime. Ele é um homem gay de 30 anos que estava na cidade a trabalho. Segundo relatou a polícia, ele achou A’Jun atraente. Dentro da carteira de A’Jun tinham 600 yuan (moeda chinesa) – aproximadamente R$ 282,00 – e seu documento de identidade, o qual o ladrão guardou para poder lembrar-se de A’Jun. O ladrão/ofensor está preso.
A Lado A adverte que todo contato sexual deve ser consentido, senão é crime! Transar ou abusar de parceiros sem o poder de consentir é estupro!